quarta-feira, 31 de outubro de 2012

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Halloween







Alguém conhece a história, e o verdadeiro significado do Halloween?

Eu não sabia, e fui atrás das informações, pois, como já devem estar sabendo, estou dando aula numa escola e precisava explicar para os alunos...

De acordo, então, com o wikipedia, o termo "Halloween" deriva da contração do termo escocês "Allhallow-even" ( que significa: véspera de Todos os Santos). Entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês). Então, acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening → Hallowe'en → Halloween.

Rapidamente se conclui que o termo "Dia das bruxas" não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.

Há mais um monte de lenda à respeito do termo. Dizem que chamamos de dias das bruxas, por que na época da inquisição, onde pessoas ruivas eram discriminadas como bruxos, eram queimados, mais ou menos, nessa mesma data... Bom, eu achei superinteressante essas informações; jamais imaginei que pudesse ter algo haver com Santos...

Musica # 22



Avenged Sevenfold - A Little Piece Of Heaven

O vídeo é uma bostica...mas essa foi a primeira música que conheci deles, e me apaixonei de cara. Mas curto só as músicas do álbum em que essa música está (não lembro do nome agora). Adoro quando misturam instrumentos de música clássica no rock — violino, saxofone, piano... 

domingo, 28 de outubro de 2012

Mais um desabafo...



Hoje, quando eu estava respondendo à alguns reviews, apareceu uma fic naquela coluna de atualizações,  sabem? E o titulo era o nome de um livro que está fazendo sucesso, atualmente. Bom, quando fui dar uma espiada, só de curiosidade mesmo, me deparo com a seguinte afirmação da "autora" nas notas: 

"... esta história é completamente pananana nome do livro pananana, eu só irei mudar os personagens da história original e passar para os personagens de pananana nome de uma série famosa pananana.
espero que gostem!"

Eu juro que li algumas partes do primeiro cap dessa fic, pra me certificar de que era mesmo isso o que ela estava fazendo, e pasmem! ERA! Por acaso, eu já tinha lido esse livro, e o identifiquei na hora.

Qual foi minha reação? Mandei uma review (e confesso que, talvez, eu devesse ter mandado mp para não expor tanto a autora), explicando que isso era plágio, que ela estava ferindo algumas regras do site, e que ela deveria tirar a fic do ar — pois já tinha bastante capítulos postados. Mas notem que avisei ela antes de fazer a denuncia!

Talvez eu tivesse sido um tanto agressiva no meu review, mas com certeza fui educada. Ela, por outro lado, não foi. Me respondeu cheia de desaforos, e ainda se achando com razão só por que deixara explícito nas notas que a fic não era dela. 

Eu, então, indignada, mandei uma mp dizendo que ela estava, sim, violando as regras, e que agora ela que se vire com a moderação, por que iria denunciá-la. 

continuando a novela, ela respondeu meu mp, pedindo desculpas e tal, mas que não entendia por que eu havia cismado com ela...

"... tipo, de boa, ok, posso até esta ignorando uma regra do site, ok, mas véi, porque voce resolveu falar, me desculpa pela ignorancia , de verdade. é que tipo, eu nao fico falando quando vejo fanfics e nem quando vejo plagio, porque eu cuido da minha vida e nao meto o nariz aonde nao sou chamada."

Bom, aqui chegamos onde eu queria fazer meu desabafo. Aliás, eu desabafei com ela primeiro, e vou colar aqui o que eu escrevi para ela, pois quero saber se estou mesmo certa.

"Beleza, desculpas aceitas. Vou explicar o porquê... lembrando que tentei avisá-la antes de denunciá-la, hein!

Bom, primeiro, um dos objetivos do site é incentivar a criatividade dos "escritores" (digo entre aspas, porque considero escritores aqueles que são realmente profissionais — mas isso é uma frescura minha mesmo). E aí me pergunto, onde está a tua criatividade nisso?

Mas tudo bem, o problema é teu se não quiser desenvolver tua intelectualidade (pq a criatividade é uma das competências que envolve a intelectualidade do indivíduo — afinal, exige que a pessoa pense, não concordas?).    

Segundo (e o principal motivo), eu escrevo histórias originais e ficaria indignadíssima se visse alguém fazendo o que tu fez sem minha autorização — mesmo que eu concedesse a autorização, caso me fosse pedido. Acho isso uma tremenda falta de respeito e consideração com os autores...

Tu gostou do trabalho do autor? Ótimo, maravilha, compre o livro, fale dele, recomende ele. Mas alterar uma historia que foi arduamente pensada, trabalhada, que exigiu tempo do autor, e em muitos casos até estudos (!) foram feitos, é demasiado frustrante, sabe? E tu sequer sabe se a autora gosta dessa série para qual tentastes adaptar, né?! Eu iria odiar com todas as minhas forças se alguém tentasse adaptar minha historia pra alguma coisa que envolva funk, por exemplo. Me desculpe caso tu gostes, mas acho esse um estilo de musica degradante, com letras baixas, muito mal pensadas, sempre com as mesmas batidas. Mas como todos dizem, gosto é gosto, cada um sabe do que gosta. 

Enfim, continuando, tu já teve algum trabalho escolar copiado e que recebeu mais nota do que o trabalho que tu mesma entregastes? Tu já viu alguém trabalhar de graça (melhor dizendo)? É a mesma coisa. Por que, não sei se tu sabes, mas temos algumas pessoas no site que escrevem suas fics, conseguem alguma fama (digamos assim) e depois publicam suas estórias para conseguirem algum dinheiro. Você acha justo conseguir esse reconhecimento como boa escritora por uma historia que você não pensou, pra depois publicar uma original tua e vender — graças à tua reputação que adquiriu às custas dos outros? Não sei quais são suas pretensões  sequer sei quanto anos tu tens; talvez nem planejes agora escrever algo sério, mas futuramente você pode mudar de ideia, como acontece bastante...Talvez você não leve o site à sério agora, mas muita gente leva.

Espero que tenhas entendido o que eu quis dizer. É como se a autora tivesse suado, ficado noites em claro pensando na história (que, à propósito, fiquei sabendo que é muito boa — há bastante criticas positivas, tanto para o livro quanto o filme) para te dar de graça o reconhecimento que ela batalhou para si... Mas acho estranho alguém se importar tanto com o número de comentários, se não pretende nada com isso...

Bom, espero que tenhas compreendido minha indignação. Eu tentei te explicar da maneira mais fácil que o que tu estavas fazendo era, sim, plágio; mesmo tu não alegando que a fic era tua. Por que existe uma enoooooorme diferença entre inspiração (que é algo que te dá uma ideia, com base noutra) e plágio (que é a simples cópia de um material existente, seja essa cópia integral ou parcial, se não houver caraterísticas distintas que diferencie a obra plagiada da cópia).  

Bom, infelizmente, eu já denunciei. Assim que te mandei a primeira mp, fiz a denuncia. Por que assim como você disse, também fiquei "P" da vida quando li tua resposta meio desaforada, né. Eu tentei agora deletar a denuncia, mas não funcionou. Apareceu uma mensagem dizendo que somente o pessoal da staff pode deletar. Não sei bem como isso funciona, mas acredito que eles vão entrar em contato contigo, e pedirão para que tu mesma delete a fic (caso contrário, eles te banirão do site). Dai tu pode explicar, dizendo que houve um mal entendido, que tu não compreendeu bem as regras, e achou que não fosse plagio por que tu não estava alegando que o enredo era teu, e que eles não explicam o que é plágio. Até mandei uma sugestão para eles criarem um link só com isso, por que tu não é primeira a fazer esse tipo de coisa, realmente. Pra ti não dizer que peguei somente no teu pé, eu já denunciei outras pessoas que fizeram isso, e pretendo continuar fazendo sempre que eu pegar alguém fazendo isso — pelos mesmos motivos que citei. E tenho certeza de que não será a última — afinal, o site está sempre recebendo gente nova. 
 Espero que não tenhas ficado com (tão) má impressão minha. Eu tentei te ajudar, e tu que me rechaçou. Mas se precisar de ajuda com alguma coisa, com dúvidas, ou o que for, pode me pedir, que ajudo sem problemas..."

E aí? Alguém discorda de mim? Fui até legal demais com ela, não fui?

Musica # 21



Bah, eu tava no carro voltando pra casa quando meu namorado ligou a rádio, na Continental. E pra minha nostalgia, tocou Savage Garden. Fui muito fã deles, na época em que tocava boas músicas na MTV! T___T 
Tive que vir apresentá-los a vocês (imagino que a maioria não conheça). Espero que gostem!  A letra é maravilhosa. ;)

Mercenários


Mudei a capa, mudei o título... de novo!!! 
Bom... na verdade não há muito o que dizer sobre a mudança. Eu não estava contente com nenhum dos dois, desde o princípio... Mas prometo que dessa vez é definitivo.

Para que não sabe, de acordo com o dicionário, mercenário é aquele que serve ou trabalha por um preço ou salário ajustado. É aquele que trabalha não por zelo, mas por interesse de fazer jus à paga. Em outras palavras, é o típico interesseiro — no sentido que segue seus interesses. Geralmente, quando se fala em interesseiro, a palavra vem com uma conotação meio pejorativa, de egoísta, mesquinho, mas não é o caso aqui. Acho que essa definição cai muito bem na estória da fic, né?! :3

Bom, vamos às personagens. Aos poucos, vou colocando fotos aqui. Mas a maioria, na verdade, vocês já "conhecem"! :3

Página perfeita


Tcharaaaaaaam! xD 
Agora sim, minha página no nyah tá perfeita. S2
Ignorem o post inútil, mas tive que manifestar esse grande momento de emoção. ¬¬


#inutilidade extrema

Ah, mas parabéns ao site, que sempre busca formas de melhorar a interação do usuário do Nyah. :3

Não seja um leitor passivo







Eu havia encontrado esse texto num site, e salvei o link, inclusive, para tentar reformular algumas coisas que ele dizia, mas agora que fui mexer nele o link parece inativado — como se o site não existisse mais. Enfim, se alguém já tiver lido esse texto, e souber de onde ele é, por favor me avisem. Achei muito bom o que ele diz, e tem tudo haver com algumas coisas que costumo falar com relação às criticas que recebo — e com as que deixo de receber também.

"Não basta apenas saber ler e gostar de ler; é preciso ler de forma crítica. Confiar cegamente em tudo o que está lendo, sem se permitir a uma opinião própria e livre de questionamentos é um erro.

O Dr. Mike Schmoker, educador e autor de vários livros, diz que “grandes quantidades de leitura atenciosa, com debates, anotações e releituras são a essência da alfabetização autêntica”.

Leitura não deve ser um ato passivo, onde quem lê apenas absorve o conteúdo, mas, sim, deve ser um ato de reflexão e pensamento. A leitura, portanto, é um aprendizado ativo onde o leitor precisa mergulhar no que lê, imaginar-se na história e estar inserido no contexto do enredo.

Uma leitura crítica causa espanto, descontentamento e, porque não dizer, tristeza. Isso ocorre porque estamos com toda a nossa atenção voltada à leitura e, muitas vezes, antes mesmo de chegarmos ao fim da leitura, em nossas mentes já “decidimos” o fim, porém, quando não é como pensávamos, ficamos impactados.

Ao final de uma leitura, ela deve te gerar algum sentimento, alguma reflexão. Ler um belo romance não pode, em hipótese alguma, causar o mesmo efeito do que ler um livro sobre a guerra, ou não causar nada.

Se for um conteúdo técnico ou didático, uma boa alternativa para desenvolver a leitura crítica, sem apenas absorver, é fazer anotações. Enquanto lê, anote os pontos que acha relevante, levante questionamentos e relacione conteúdos. Se permita duvidar do que leu e buscar outras opiniões, em outros textos.

Outra boa alternativa é ler exatamente o oposto das suas convicções. Que tal ler sobre uma religião oposta a sua? Sobre culturas diferentes da sua? Sobre modos de vida diferentes do seu? Com isso, você não apenas desenvolve o lado crítico em suas leituras, mas adquire conhecimento e argumentos para defender o seu ponto de vista."

Bom, a fonte do texto era essa: Pilbra, mas o link parece não funcionar mais...

Arte em latas


Descobri, através de um colega da faculdade, uma artista japonesa que anda fazendo um trabalho muito louco com latinhas — quero saber quantos dedos ela já cortou com essa brincadeira! Ela coleta, arrecada, ou sei lá o que, latinha de todo o mundo para conseguir fazer essas mini esculturas de personagens famosos. Pelo que entendi, não há nada a venda no blog dela. Infelizmente. T__T Trouxe para cá alguns dos que achei mais legais, porque há muita coisa. Para quem quiser ver mais trabalhos, basta clicar aqui.


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Um Gaara meio poser

Tive que postar mais isso, hoje! Essa imagem caiu na minha página do facebook, e não resisti! Eu amei (apesar de não ouvir slipknot)! Infelizmente, não sei quem é o autor da ilustração. Se alguém souber, por favor, informe (para eu catar mais personagens)!

Ler só traz benefício


O ClicRBS (emissora daqui do sul), publicou no site uma matéria muito bacana sobre uma menina de 9 anos, do interior do estado, que lê um livro a cada dois dias. 

"Para especialistas, a quantidade de livros “digeridos” por Daline a colocarão em uma posição diferenciada em relação a outros colegas. Conforme a professora do Instituto Superior de Educação de Ivoti e doutora em educação Luciana Facchini, as pesquisas mostram que, quanto mais cedo a criança começar a ler e gostar de ler, mais ela aprenderá, desenvolverá concentração e, como consequência, vai adquirir maior ritmo de leitura, se tornando um leitor voraz.
– Será que a Daline está lendo demais, ou os outros leem de menos? – questiona Luciana.
Para a especialista, livros de literatura infantil têm em média 20 páginas e podem ser lidos por qualquer criança em dois dias, sem comprometer qualquer outra atividade. Luciana aponta que, quando a família ou a escola estimulam e encontram o terreno fértil, a criança pode encontrar na leitura um paraíso."

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui. Texto escrito pelo jornalista Rafael Diverio. 

Criatividade

 Achei super criativo, essa propaganda da playboy...quero dizer, não sei dizer se é realmente feita para a revista, não dá para confiar muito no 9gag...

Thriller



Meus alunos vão apresentar essa música para a festa de Halloween, na sexta feira. Para quem não sabe, eles têm entre 4 e 7 anos. Eu mostrei o vídeo original da música, mas eles não gostaram; ficaram com medo! Me disseram que iam ter pesadelos. iuhauihaui E não adiantou dizer para eles que era tudo de mentirinha! Não quiseram de jeito nenhum ver o vídeo de novo. Mas hoje eles me vieram com esse!

— Teacher, vamos ensaiar esse vídeo!
S2

domingo, 21 de outubro de 2012

Posteres criativos do Harry Potter


Não sou muito fã da saga, nem vi todos os filmes ainda, e menos ainda li os livros. Mas tenho todos eles em casa, e ainda pretendo ver os filmes...só não sei quando. T__T Mas como curto ilustração, adorei os cartazes, postados no 9gag. :)

Meiguice!

"Meu cocô vai ajudar você a crescer!"

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Musica # 20

P!nk - Try



Alguém, depois, me conta como é a música?

Manhêee, posso ter um desses pra mim????
T__T

domingo, 7 de outubro de 2012

Os Rejeitados - cap 3


Mais revelações sobre o que acontecia na vida das personagens. Espero que gostem. Depois deste cap, acho que voltarei a postar no nyah...mas sem prometer nada, ok?... o futuro dessa fic ainda é incerto... T__T

Lady Gaga Style


Eu como carne, mas sou contra o uso de pele de animais para roupas e acessórios... Em todo caso, achei a tirinha engraçadinha.

Quem não lê, é otário



Outro dia, na faculdade, minha professora de português trouxe para sala de aula um comentário que ela retirou de um jornal. O comentário foi feito pela escritora e filósofa Márcia Tiburi.

"As pessoas que lêem são mais interessantes, mais inteligentes, mais bonitas, mais bacanas, mais poderosas — são tudo. Quem não lê é um otário.

A professa nos pediu para escrevermos um parágrafo dando nossa opinião sobre o comentário. Antes disso, houve uma pequena discussão em sala de aula a respeito do que foi dito. A maioria ficou indignada, afinal, diziam eles, nem todos tem condições ou oportunidades para ir para a escola...

Eu já sou da opinião contrária; e respondi algo mais ou menos assim:

"Hoje em dia temos escolas públicas, cursos ead (à distancia ) gratuitos, bolsas família  cotas para entrar em universidades públicas... e mais o escambal. Portanto, dizer que fulaninho não teve oportunidade, ou condições, é querer tapar o sol com peneira. É não querer ver o que é óbvio. 

O problema, em questão, é maior e mais cabuloso. É a comodidade, a preguiça... afinal, sabemos que muito bandido ganha mais roubando e vagabundeando por ai, do que suando, estudando e trabalhando duro...Concordo plenamente com a autora. Identificamos imediatamente quando a pessoa é uma ignorante (no sentido de ignorar) pela forma como ela se comunica. A pessoa fala mal, não se expressa bem, e muitas vezes não sabe interpretar o que o seu interlocutor diz. Quer um exemplo clássico disso? Jogadores de futebol! Sem querer generalizar, é claro, mas vemos que a maioria, quando estão dando uma entrevista, sempre respondem algo nada a ver com o que lhe foi questionado.

Para quê ler e estudar, se eles ganham rios de dinheiro apenas chutando uma porcaria de bola?"

Não concordam?

Musica # 19

Umas das coisas boas sobre trabalhar numa escola é poder aprender com os alunos. Dia 14 fará dois meses que estou lá, e acho que já posso dizer que aprendi bastante nesse curto período. Bom, houve coisas boas, mas muitas ruins — essa parte, deixarei para um outro post de desabafo. 
Bom, meus alunos teens estavam cantando essa música em sala. Eu não conhecia. Aí, um deles, meio louquinho, pegou um pedaço de papel e me chamou:

— Teacher, isso aqui é um papel. — e ele dobra o papel — Isso nao é. — dobra mais uma vez até formar um triangulo — Isso é um triangulo. — ele diz. E dobra mais uma vez — Isso nao é um papel. — E dobra outra vez, até ficar bem minusculo e nao conseguir mais dobrar. E então, de repente, ele desdobra todo o pedaço de papel. — Tcharam! — ele exclama sorridente — Isso é um papel.

....

Alguém entendeu a moral dessa história?
Eu não. 

Heheh.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...