domingo, 1 de fevereiro de 2015

Anúncios, anúncios e mais anúncios

Olá, meus queridos, como estão? Sobreviveram a janeiro? Passearam bastante? Querem um cházinho? Um chocolatinho? Um cafezinho? Um bombom? Um biscoitinho? Um suquinho? Nescau? Massagem nos pés? Nas costas?

Tá, parei.
T__T

Na verdade, eu tenho alguns anúncios a fazer... Saquem só o drama e a rebeldia: nem imagem não coloquei nesse post, para dar mais suspense...Mas vamos lá aos anúncios...

O primeiro é bom.
O segundo é ruim.
O terceiro é péssimo.
O quarto é maravilhindo.

Essa ordem, na verdade, não é aleatória. Não a escolhi propositalmente, mas, enfim.... Algumas coisas aconteceram, outras ainda estão acontecendo, e mais umas ainda vão acontecer...então, foi pensando nisso que tomei algumas decisões drásticas e dramáticas *O*

Mas chega de enrolação...

O primeiro anúncio - o bom: abri um novo blog para postar minhas ilustrações. Alguns aqui já sabiam que eu gosto de desenhar, e até tentei no ano passado passar no vestibular da federal daqui para artes visuais, mas a burrona aqui não passou. Passei na prova prática, o que me deixou super feliz, pois um conhecido meu, que é diretor de peças de teatro, me disse que é bem difícil de passar nas provas práticas dessa faculdade....E EU PASSEI POHA! mas não passei na porcaria do vestibular. Fui bem mal, na verdade. Acertei só 3 em física, 4 em matemática, 3 em química...pra vocês verem como é grande o meu amor por números e cálculos. ¬¬ Mas enfim, não vou desistir desse sonho, porque quase chorei de emoção e felicidade quando pisei no prédio da faculdade de artes pra fazer a prova prática. Só faltei beijar aquele chão sujo. T__T eu quero estar lá um dia!!! Nem que eu tenha 70 anos pra isso.

Mas a novidade sobre o blog é que lá eu me identifico... (medinho *_* e um pouco de vergoinha, sei lá porque raios). Resolvi me identificar lá por que quero me focar mais nas ilustrações, quero um dia poder trabalhar com isso, então, acho que seria importante me identificar, sim. O mercado de trabalho é um negócio mais sério.... Mas se vocês puderem dar uma passadinha de vez em quando lá, só pra dar um oi, e dizer, "oh, tia amanur, eu me lembro de você (mesmo sem saber de onde lembram de mim)", ficarei feliz T__________T porque foi muito bom conversar com vocês, compartilhar coisas com vocês. T__T

Bom, o endereço é esse. Na verdade, eu já tinha criado ele há um tempo, mas só agora resolvi trazer para cá. Frescuras minhas. Eu pretendo manter mais ou menos o mesmo nível de posts que tinha aqui, com a diferença de que lá eu me foco mais nas ilustrações, enquanto que aqui era mais nas minhas fics....

O segundo anúncio - o ruim: eu disse que algumas coisas estavam acontecendo, outras aconteceram, e outras ainda vão acontecer, e isso significa que terei menos tempo para me focar na escrita. INFELIZMENTE. Estou trabalhando das 8hrs da manhã, e saio as 18hrs do serviço, sendo que as 19hrs terei aula na faculdade (pois vou voltar ao curso de letras — e ainda tentar o proximo vestibular e enem para artes) que vai até as 22:30, me dando tempo de chegar em casa as 23:15. Ou seja, ADEUS VIDA! T___________T escrever demanda um estado de espirito calmo e tranquilo e descansado, que com certeza não terei mais, por um bom tempo. Não vou dar adeus definitivo, porque acho que quando a gente ama fazer algo, a gente nunca desiste disso, mesmo querendo desistir disso. Eu amo viajar na maionese, e criar histórias na cabeça é algo que faço desde pequena, involuntariamente. As vezes, to tomando banho, e imaginando bobagens (talvez por isso eu seja meio retardada -_- — meu psicólogo já me alertou para isso. brincadeirinha. Ele nao me alertou, não! xD) .
Entonces.... minhas fics ficarão em hiatus por tempo indeterminado. Fechado para balança. T__T
 Eu poderia simplesmente dizer que vou demorar só mais um pouquinho, mas odeio prometer coisas e não conseguir cumprí-las, como já fiz. E sei como é chato ficar esperando por algo, sem saber sobre o que está acontecendo. Por isso, resolvi tomar essa atitude de vir aqui e avisá-los sobre isso. Espero que compreendam. '_'

O terceiro anúncio - o péssimo: imagino que vocês já devem estar suspeitando sobre o que se trata desse terceiro anúncio, né? T__T pois é, os custos são altíssimos, o estresse também, assim como a queda na expectativa. Por que eu estava lá no topo, nas nuvens, sonhando com o livro da Incógnita, e aí vem um me dizendo que o livro está cheio de problemas. Depois, a história foi passando de mãos em mãos de revisores, um mais caro que o outro. Ou um mais fuleiro que o outro.... Então, não. Eu tentei, juro que tentei, mas não vai dar. Enquanto eu não tiver uma boa grana em mãos para investir num bom revisor, pelo menos, não poderei nem publicar em e-book. Por outro lado, estudando letras, eu vou procurar um curso de revisão de texto, para, quem sabe, eu mesma revisar o meu livro!!! u.u Unf. Mais uma vez, peço desculpas por toda a expectativa que acabei dando a quem gosta da fic.

O quarto anúncio - o maravilhindo: então, finalmente chegou a melhor parte! xD Eu já disse a vocês que a Incógnita é minha fic favorita, apesar dos trocentos problemas que ela tem (porque, devo dizer, até concordo com algumas coisas que os revisores me apontaram), mas eu me divertia tanto escrevendo aquele monte de bobagens, junto com aquela surubaiada toda de gostosos, me imaginando no lugar da filha da puta sortuda da Sakura, morrendo de inveja por não viver no mundinho dela, que nem sei. Que, então, resolvi que iria voltar a escrever ela. SIM! FINALMENTE. Vou colocar todas as outras em hiatus, para continuar com a incógnita, depois de não sei quantos anos com ela parada.

Nossa, como tô velha! T_____T gente, faz ANOS que não escrevo ela!!!! T__T Não é dias, semanas ou meses. É ANOS!!!! Mas enfim, vou terminar essa joça de uma vez! Já fui tão longe com ela, que não dá pra abandoná-la assim. Seria como o Senhor dos anéis, sem o ultimo livro (não que eu esteja comparando incógnita ao senhor dos anéis. please. eu sei muito bem que incógnita é um cocozinho de formiga, perto do senhor dos anéis). Enfim, voltando ao assunto, vou continuar a incógnita, podem esperar! xD mas como eu disse, o meu tempo é curto, então, as postagens ficarão um pouco demoradinhas, ainda mais que os capítulos costumavam ser bem grandes, né. E como eu demorarei a atualizar, prefiro manter os caps grandes, para compensá-los. :3 (como eu sou querida! xD)

Mas é isso aí o que eu tinha para dizer para vocês. Não vou deletar esse blog, por que tem muita coisa boa aqui, mas provavelmente ficarei mais focada no outro, com posts relativamente parecidos. É só que ter mais de um blog é complicado, ainda mais com um tempo tão curtinho como o meu. Sem falar que não quero muito misturar as fics com as minha ilustrações. Os meus desenhos são um pouco infantis, e falar de putaria lá é complicado, né! xD aiuehauiheuiah mas é isso aí.

bjss :********************

sábado, 10 de janeiro de 2015

Tutorial: colocando o gadget das curtidas



Recebi ontem uma mensagem de um leitor me perguntando como coloquei o gadget das curtidas (que vai embaixo de cada postagem). Eu ia respondê-lo por email, mas achei mais fácil de explicar visualmente. Então, fiz estas telas. É bem simples. :) Primeiro, vocês acessem o blogger, e vai aparecer essa primeira tela, aí de cima. Então, vocês clicam naquele ícone do meio, como indico em vermelho.


O segundo passo, é ir em "layout", como indico nesta segunda tela e, então, vocês vão em "editar"no retângulo das postagens do blog. 


Aí, vai aparecer essa telinha, e lá vocês devem encontrar essa linha de opções para marcar. Provavelmente vai estar com outro título ao invés do "E aí, gostou?". Vocês podem alterar aquilo conforme quiserem. E as opções também, ao lado em "editar".

E é isso. Super simples. Qualquer dúvida, podem me enviar um mensagem tanto pelos comentários aqui, quanto pelo formulário ali do lado. :)

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Anime: Psycho-Pass



Olá, para quem ainda lê o blog! :)

Faz tempo que eu queria trazer pra cá o PP, e hoje, finalmente, me forcei a escrever um comentário sobre ele. Cês já ouviram falar do Psycho-Pass, né? Se não, corram agora pra ver.

A sinopse é a seguinte: No futuro, uma incrível tecnologia consegue algo jamais imaginado pela sociedade: medir o estado de mente e como é a personalidade de alguém, sabendo exatamente o que ela pensa, deseja ou o que ela é capaz de fazer. Tal tecnologia ganha o nome de Psycho-Pass, que todas as informações conseguidas por ela é agora armazenada por organizações e pelo governo como forma de prevenir crimes. A história gira em torno do agente Shinya Kougami, que é encarregado justamente de todos os casos e crimes que o Psycho-Pass venha a descobrir.

Psycho Pass (PP) foi ilustrado pela maravilhosa Akira Amano, autora de Katekyoshi Hitman Reborn (que eu a.do.ro!), que participa do projeto desenvolvendo o cenário e character design dos personagens. A história, no entanto, foi desenvolvida por Gen Urobochi, que escreveu o roteiro de Madoka Magica entre outras séries mais adultas.



Bom, PP se desenrola em um mundo distópico (essa palavra parece estar na moda, como o "eclético" já foi ¬¬)! Para quem não sabe, as distopias ocorrem quando há um elemento opressivo que controla a sociedade, e ela, talvez pela opressão, se torna tão passível perante a corrupção, quanto capazes de cometer corrupção. Consequentemente, "a tecnologia é usada como ferramenta de controle, seja do Estado, seja de instituições ou mesmo de corporações". (Wikipedia)

Psycho Pass foi lançado apenas como série para televisão (não há mangás dele), e já possui duas temporadas lançadas (a primeira com 22 episódios, a segunda com 11). Com ótima animação e trilha sonora, ele vem conquistando cada vez mais fãs, e agora, dia 9/01/15, sairá nos cinemas japoneses o primeiro filme. *_*

Resumindo, a história parte do princípio de que "todos são inocentes até que se prove o contrário". Assim, o julgamento é dado por um sistema que analisa o estado mental das pessoas e as categoriza como "potenciais criminosos" ou não. Esse sistema, que leva o nome de "Sibil", também calcula uma probabilidade de "cura" ( no qual é tratada como uma terapia), de recuperação mental desses indivíduos. Caso essas pessoas sejam classificadas como irrecuperáveis, sua sentença pode ser a prisão ou a morte, mesmo que não tenham cometido crime nenhum. Algo bastante opressivo, diga-se de passagem, né? Como auxílio em suas investigações, a polícia usa um grupo de prisioneiros "especiais", chamados "Executores", para ajudá-los a capturar ou matar esses indivíduos "não mais necessários". Para tal, utilizam uma arma especial, chamado de Dominats, ou "Os olhos da Sibil".



Como personagem principal, Akane Tsunemori, protagonista feminina, é uma inspetora novata, que recém entra para o time de policiais por suas notas excelentes, e vai trabalhar junto com Ginoza (outro inspetor). Ela, como esperado, é uma protagonista meio mosca morta, boazinha, inexperiente, mas que com o desenvolver dos episódios, principalmente na segunda temporada, se mostra super fodona. Ela não acredita que existam pessoas irrecuperáveis e, por isso, vai contra as regras e ainda tenta provar que o sistema Sibil não é perfeito.



Recomendo o anime por ele levantar questões importantes, como: será que a tecnologia, algum dia, será capaz de chegar à perfeição? Será que somos tão simples a ponto de nos encaixar em mecanismos automático? Sem falar que a ideia de que o estresse como causador dos nossos problemas de segurança, apesar de a teoria ser interessante, e até certo ponto fazer algum sentido, é bastante questionável. É bem justificável dizer que o estresse pode nos induzir a cometer algumas loucuras (como neste caso, em que uma professora estressada resolveu furtar uma loja só para ser presa, para poder ter alguma paz). Mas o problema é muito mais profundo e complexo do que isso. Pelo menos, no nosso país. Talvez no Japão, em que as diferenças de classes sociais não sejam tão gritantes quanto no Brasil (e não me refiro apenas à questões financeiras, como culturais, de educação, também), isso possa ser real, mas não na nossa sociedade brasileira, né.

Além disso, Psycho Pass é um anime adulto, com fortes cenas de violência (prato cheio para quem gosta de ver sangue). A animação é ótima, além da boa trilha sonora. Sem falar que o Kagami é um totoso *_* apesar de ser uma cópia do Hibari *_*.
Minha única reclamação é com relação aos personagens, que não foram muito bem desenvolvidos, mas isso talvez seja pelo curto tempo. A única que recebeu mais atenção, nesse sentido, foi a Akane mesmo.




Enfim, voltando para a questão do filme, a japantoday postou uma noticia bem legal sobre a divulgação do filme (o poster é a última imagem — amei, diga-se de passagem, esse visual mais durão da Akane — aí debaixo).

Com o filme, a Fuji TV e seu programa de anime "Noitamina" criaram um evento de publicidade bastante engenhoso. Eles pensaram: "Por que esperar até 2112 para ter seu índice de Psico-Pass quando você pode simplesmente ir para a estação de Shinjuku na próxima semana?" Mas cuidado, se a sua leitura de estado mental estiver meio nebulosa ou seu coeficiente criminal for muito alto, você pode ser eliminado. Ou seja, eles conseguiram criar um painel numa estação de metrô que mostrasse o seu psycho pass. O display é composto por dezesseis telas de 60 polegadas com sensores de movimento e câmeras de alta definição. Quando você anda até a tela, o sistema, operando em Microsoft Kinetic V2, exibirá seu perfil Psycho-Pass com seu rosto atual como a imagem de uma ID.



O sistema irá também "determinar" a cor de estado mental e crime-coeficiente. Se a leitura estiver turva ou muito alta (mais de 100), um dos personagens do anime sairá (na tela) com o seu Dominator (a arma especializada que trabalha com o sistema Sibila para determinar se o suspeito é um criminoso latente ou não), e se for criminoso latente, vai permitir que o usuário o mate com uma das três configurações de explosão electro-magnético, que determina quão perigoso o suspeito é..

Infelizmente, o site não explica o que exatamente é essa explosão, mas, com certeza, não passa de uma brincadeirinha. Eu queria poder passar lar *_*


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Pinóquio japonês


Amanhã é meu último dia de prova de vestibular o/, e para dar uma relaxadinha entre as leituras exaustivas de história (história do Brasil, ditadura militar, era vargas, guerra fria, segunda guerra, primeira guerra, e por aí vai a maravilha...), navego por alguns minutinhos na internet, porque ninguém é de ferro. E, então, eis que me deparo com esta "relíquia".

Quem nunca ouviu falar na história do menino que, quando mentia, seu nariz crescia? Pois é, parece que os Japoneses gostaram da história e resolveram criar uma versão. Até aí, tudo bem, né? Bom, estaria, se eles tivessem mantido o esquema do nariz que cresce. Por que, na versão deles, o que cresce, na verdade...bem, sim, é aquilo. O.o

Na página da weirdasianews, eles dizem que não é uma versão para ser lida para crianças, embora as ilustrações são, claramente, infantis. Como eu não entendo bulhufas de Kanjis, não sei dizer de que modo a história foi reescrita para fazer julgamentos a esse respeito. De fato, é uma versão que pode ser qualificada como, no mínimo, estranha, mas acredito que dependendo do modo como é contada, e do vocabulário utilizado, seria inofensivo. :) De qualquer forma, resolvi trazer esta relíquia para cá porque, né, vocês sabem que eu gosto de esquisitices. xD



segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Let it Go com 25 personagens da Disney



Vocês sabem que sou fã da Disney, tanto quanto das animações japonesas, né? Pois então, esses dias encontrei essa japinha que, por acaso, é louca pela Disney também. Na página do seu canal do youtube, ela se identifica como Vell. É cantora, e grava seus vídeos no seu quarto. Neste, ela encarna 25 personagens, cantando a música tema do filme Frozen. :) Além de cantar super bem, ela mostra ótima habilidade com maquiagem e interpretação. T__T
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...